Junior Miranda

sábado, 30 de outubro de 2010

Tradução da Bíblia muda vida de africano

Visão de Kwame é treinar outros para traduzir a Palavra de Deus



Tradução da Bíblia muda vida de africano
Apesar de Kwame Nkrumah ser fluente em dez idiomas, ele começou a vida entre as pessoas de Gana, África Ocidental, onde se fala a língua Dilo. Seu pai servia a aldeia como um líder da adoração aos espíritos ancestrais, e Kwame era esperado para seguir os passos de seu pai.

Mas quando ele era jovem, um casal começou a trabalhar na sua aldeia para traduzir a Bíblia. Como um menino de nove anos de idade, Kwame ouvi-os ler trechos de seu trabalho na sua língua. Ele ficou impressionado com este Deus de amor, que era muito diferente dos espíritos temerosos que seu pai adorava. Ele colocou sua fé em Jesus, e pediu aos tradutores se podia trabalhar com eles em tempo integral.

Mais tarde, eles ajudaram a kwame a frequentar a Universidade de Gana, onde fez bacharelado em Linguística. Durante os intervalos de férias da escola, ele voltou para ajudar a equipe com a tradução para Dilo.

Quando terminou a escola, ele ganhou um mestrado em tradução da Bíblia do Instituto de Linguística de Gana. Na universidade, ele conheceu Naana, que se tornou sua mulher, e agora ele é um consultor do Antigo Testamento.

Como o projeto Dilo progredia bem, Kwame pediu para juntar os tradutores que trabalham na língua Pasaal, onde permaneceu por sete anos. Mais tarde, o Instituto pediu-lhe para se tornar o diretor do programa de língua para 30 projetos em todo o país.

"Agora temos a Bíblia em nossa língua", Kwame, comemorou. "Eu não sabia que Deus poderia falar a minha língua. Pensei que só podia adorar a Deus em linguagem de outra pessoa! Nós sentimos como se não fossem importantes.

Durante todo esse tempo, Kwame ainda ajudou com o projeto Dilo como podia. Centenas de fiéis - fruto da Palavra de Deus na sua língua - se reuniram para celebrar com canções, danças e depoimentos. Imagine a alegria Kwame enquanto ele segurava a Bíblia que ele havia trabalhado tanto tempo para trazer ao seu povo.

Nkrumah diz que "como resultado do Novo Testamento, temos mais de 60 cristãos. É incrível. Estou animado sobre isso".

Agora Nkrumah trabalha no Antigo Testamento. "Estamos em contato com a empresa de sementes, esperando e confiando que Deus levantará parceiros por nós para que sejamos capazes de dar toda a Bíblia para o meu povo.

A visão de Kwame como um consultor de tradução é treinar outros para traduzir a Palavra de Deus, para que outros grupos da África tenham acesso a mensagem do amor de Deus na língua do seu coração. Kwame Visão Como eh consultor de Tradução e treinar Outros parágrafo Traduzir uma Palavra de Deus, outros Que n º Grupos da África Terao Acesso uma Mensagem do amor de Deus nd Língua Seu Coração fazer.


Fonte: MNN / Redação CPADNews
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Serra promete a evangélicos vetar projeto que criminaliza homofobia

O compromisso foi feito a uma plateia de aproximadamente 800 lideranças religiosas que participam da 50ª Convenção de Pastores da Assembleia de Deus do Paraná. Bastante aplaudido, Serra garantiu aos pastores que não aprovará o projeto.


Serra promete a evangélicos vetar projeto que criminaliza homofobiaO candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra prometeu a evangélicos reunidos nesta terça-feira em Foz do Iguaçu (PR) que, se eleito, não aprovará o projeto de lei 122/2006, que considera crime qualquer ato discriminatório contra homossexuais.

- Eu vetarei essa lei. Essa lei não andará, do jeito que está ele passa a perseguir igrejas que têm posições contrárias ao homossexualismo. Uma coisa é perseguir e fazer grupos de extermínio contra os gays, como tem acontecido. Outra é proibir que as igrejas preguem contra atos homossexuais entre seus fieis. Eu vetarei essa lei. Essa lei não andará - disse Serra ao comentar ser equivocada a conta petista de que a bancada de apoio ao atual governo será maioria no Congresso Nacional.

Questionado sobre como dará andamento ao Plano Nacional de Direitos Humanos 3 (PNDH-3), o tucano apontou o que considera quatro divergências fundamentais no projeto: o desrespeito à propriedade privada, a instituição de mecanismos de controle da imprensa, a criminalização de quem é contra o aborto e a prática da homossexualidade e a proibição de símbolos religiosos em repartições e escolas públicas.

- O PNDH-3 permite a invasão de imóveis, seja ela uma propriedade rural ou um apartamento popular. Depois de feita, não pode ser desfeita por ordem judicial. Ela tem como etapa intermediária um debate, uma discussão entre os invasores e o poder Judiciário. Isso me parece um absurdo, pois enfraquece a Justiça e estabelece o caminho para a anarquia dentro da sociedade - apontou.

Aborto

Questionado sobre como dará andamento ao Plano Nacional de Direitos Humanos 3 (PNDH-3), o tucano apontou o que considera quatro divergências fundamentais no projeto: o desrespeito à propriedade privada, a instituição de mecanismos de controle da imprensa, a criminalização de quem é contra o aborto e a prática da homossexualidade e a proibição de símbolos religiosos em repartições e escolas públicas.

- O PNDH-3 permite a invasão de imóveis, seja ela uma propriedade rural ou um apartamento popular. Depois de feita, não pode ser desfeita por ordem judicial. Ela tem como etapa intermediária um debate, uma discussão entre os invasores e o poder Judiciário. Isso me parece um absurdo, pois enfraquece a Justiça e estabelece o caminho para a anarquia dentro da sociedade - apontou.

Fonte: O Globo / Terra / O Galileu
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

FERNANDINHO PREPARA O LANÇAMENTO DE NOVO CD


Fernandinho prepara lançamento de novo cd e traz de volta vários hinos, agora gravados ao vivo e com toda a intensidade musical e espiritual que são sua marca registrada. “Sou Feliz”- o nome do novo cd – traz hinos que marcaram e ainda marcarão várias gerações. A mensagem sempre atual das canções selecionadas da Harpa e do Cantor Cristão e o estilo intenso que Fernandinho imprime em suas gravações, com certeza tocarão os jovens de hoje bem como os convertidos há anos e que cresceram ao som desses mesmos hinos, entre eles o próprio Fernandinho, que, desde pequeno, saia com seu pai por várias igrejas pregando o Evangelho e cantando o que agora ele decide registrar. A gravação ao vivo do Cd “Sou Feliz” aconteceu na 2ª Igreja Batista de Campos dos Goytacazes/RJ, nos dias 2 e 3 de outubro. A data do lançamento oficial ainda não foi mencionada. A previsão é que no final desse ano o cd chegue às lojas.

Fonte: http://www.fazchover.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Barack Obama elogia o crescimento dos gays em sua equipe e na sociedade


O presidente Obama expôs sua posição sobre o casamento homossexual e a debatida política do “Não Pergunte, Não Fale,” na quarta-feira, durante uma reunião com cinco blogueiros populares progressistas na Casa Branca.
Ele disse que sua atitude sobre o casamento gay está em evolução e mencionou que uma estratégia está no local para passar o projeto de lei que pretende revogar a política militar que proíbe gays e lésbicas de servirem abertamente.
Em geral, ele sublinhou que avançou em uma série de questões LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros) e até mesmo elogiou que ele nomeou mais pessoas abertamente gays a mais posições no governo (mais de 150) do que qualquer presidente na história.
“De alguma forma a sua noção de que esta administração tem sido uma fonte de decepção para a comunidade LGBT, em oposição a um fiel aliado da comunidade LGBT, eu acho que está errado,” disse Joe Sudbay de AMERICABlog.
Destacando a sua posição sobre o casamento gay, o presidente disse que não está disposto a assiná-lo,” principalmente por causa do meu entendimento das definições tradicionais de casamento.”
Ele acrescentou: “Mas eu também acho que vocês estão certos de que as atitudes evoluirão, inclusive a minha. E eu acho que é uma questão que eu luto e penso, porque eu tenho uma série de amigos que tem relações homossexuais. Tenho agentes que estão comprometidos em relacionamentos monogâmicos, que estão criando filhos e que são pais maravilhosos.
“E eu me preocupo com eles profundamente. E assim, enquanto eu não estou preparado para inverter-me aqui, sentado no Salão Roosevelt às 3:30 da tarde, eu acho que é justo dizer que é algo sobre o qual eu penso muito.”
O presidente também observou que “é bastante claro onde as linhas de tendência estão indo” em matéria de legislação do casamento gay.
Obama tem afirmado repetidamente que ele planeja reverter a Defesa do Ato do Casamento, a lei de 1996 que define o casamento como uma união legal entre um homem e uma mulher. Ele a chamou de discriminatória.
Os defensores do casamento tradicional, entretanto, estão à disposição para defender a lei.
Quanto à sua posição sobre “Não pergunte, Não Fale,” disse Obama a política está errada e não serve a segurança nacional dos EUA.
“Não é apenas prejudicial para os bravos homens e mulheres que estão servindo e, em alguns casos têm sido lançadas injustamente, mas não serve aos nossos interesses – e falo como comandante de estado maior sobre essa questão,” disse ele à AMERICABlog.
E a melhor maneira de derrotá-lo, disse ele, é através do Congresso. Já, a Câmara aprovou e ele também tem tido o apoio do Secretário de Defesa e presidente da Joint Chiefs of Staff, acrescentou Obama.
“Eu estava muito deliberado no trabalho com o Pentágono em que eu tenho o Secretário da Defesa e o presidente da Joint Chiefs sendo muito claros sobre a necessidade de acabar com esta política,” explicou. “Isso é parte de uma estratégia que eu tenho vindo a prosseguir desde que cheguei ao escritório. E a minha esperança é que culminará em começar a ter esta coisa anulada antes do final do ano.”
Os conservadores temem que a revogação da DADT poderia impactar negativamente a prontidão militar e de coesão da unidade, especialmente durante operações em curso.
Grupos cristãos conservadores também têm sido vocais em sua oposição à derrubada da política. Dezenas de capelães militares saíram expressando medo de que normalizar a conduta homossexual nas forças armadas ameaçaria os capelães e a liberdade religiosa dos membros do serviço.” Eles teriam de diluir os seus ensinamentos e sua orientação, especialmente, no que diz respeito ao casamento, seria afetado, argumentam eles.
Na semana passada, o Nono Circuito da Corte de Apelações dos EUA concedeu uma pausa temporária na decisão de um juiz federal. A juíza dos EUA, Virginia Phillips, ordenou uma imediata revogação da DADT no caso Republicanos versus Estados Unidos da Log Cabin. A pausa suspendeu esta ordem.

Fonte: Gospel+  / Floriano Gospel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mark e Darlene Zschech deixam o Hillsong


Foi anunciado pelo Pastor Brian através do Hillsong Collected que os pastores Zschech, no próximo ano, estarão deixando a membresia da Hillsong e se integrando a Church Unlimited (Igreja Ilimitada).
Traduzimos o artigo na íntegra logo abaixo.
Queridos amigos,
Hoje, Domingo 24 de OUtubro, está sendo anunciado na Church Unlimited da Costa Central de NSW e simultaneamente na Hillsong Church, que Mark e Darlene Zschech foram convidados e que aceitaram os papéis de Pastores Seniors da Church Unlimited, iniciando no dia 23 de Janeiro, 2011.
Uma nota de Mark Zschech –
“Temos tido maravilhosos 25 anos na Hillsong Church e somos eternamente gratos por tudo o que Deus tem feito, por Brian e Bobbie e todo o time por sua liderança e amizade. Mas agora entramos num novo capítulo, estamos incrivelmente honrados e MUITO animados para tomar frente dessa ótima oportunidade de servir as pessoas da Costa Central e a todos da Church Unlimited. Estamos entrando no que acreditamos que seja uma maravilhosa e frutificante estação. Ainda que Darlene continuará em seus diversos papéis no ministério de louvor e eu em missões e meios de cominação em um mundo em desenvolvimento, temos sempre sido pessoas da igreja local. Sentimos que Deus foi antes de nós em todos os caminhos possíveis, há muitas estórias de milagres nessa jornada e nós não conseguimos acreditar o quão perfeitamente isso combina conosco e nossa família. Estamos cehios de uma esperança saudável e uma visão forte assim como ansiamos ver o propósito de Deus e planejamento para as pessoas nesse lugar. É modesto e sufocante ser parte disso”
Uma nota do Pastor Brian, Senior Pastor, Hillsong Church –
“Mark e Darlene têm sido uma bênção enorme para a igreja Hillsong e eles vão se mudar para esse novo papel com o total apoio de ambos os presbíteros da Igreja Hillsong e Bobbie e eu, pessoalmente. Há 25 anos a família Zschech tem sido uma parte integral de nossa igreja e ao mesmo tempo que fará muita falta, sentimos como se este fosse um bom e oportuno passo para eles.
Chamamos Darlene para continuar sendo parte dos projetos no time Hillsong praise & worshipto com seu marido, Mark, a continuarem envolvidos com a Conferência Hillsong. Oramos para que coisas grandes aconteçam no futuro”.
Estamos animados sobre o futuro de ambas Church Unlimited e Hillsong Church e agradecemos a Deus pela parte que todos nós somos no Corpo de Cristo, em volta do mundo.”
Hillsong Team.
Fonte: Portal DT/GUIA-ME
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Marco Feliciano falta com a verdade


Foi com muita relutância que comecei a escrever esta postagem. Não tenho interesse na polêmica pela polêmica. Mas entre omitir-me e deixar que inverdades sobre questões públicas sejam proclamadas alto e bom som e eu permaneça em silêncio, isso não faz parte do meu feitio. Há mais de três dias, quando tomei conhecimento da carta que Marco Feliciano escreveu em apoio a Dilma Rousseff, que estou com isto atravessado na garganta. O pregador triunfalista faltou com a verdade. Parece que o mal da dissimulação que o caracterizava em sua itinerância agora transbordou de vez em sua curta convivência com o PT. Entre outras coisas que não pretendo refutar aqui, veja em vermelho, ipsis literis, o que ele registrou, com os meus destaques em negrito:

Lula não fechou igrejas e também não permitiu que as igrejas fossem consideradas associações, preservando a liberdade da sua homilia acerca das contribuições feitas livremente pela sua membresia, projeto esse que já tinha sido aprovado pelo PSDB, através da sua maioria na câmara e caminhava para ser colocado em vigor através do novo Código Civil, que acabou sendo alterado a pedido de Nosso Presidente.


Há aí duas inverdades gritantes. Elas mostram que Marco Feliciano nem bem iniciou o seu mandato e já assimilou a prática petista de usar a mentira como método para fazer prevalecer os interesses do... PT! Para refrescar a memória, o parágrafo acima tem a ver com o novo Código Civil que entrou em vigor no final de 2002, o qual, entre centenas de mudanças, transformou as igrejas em associações. Com isto claro, vamos desmascarar por ordem ponto por ponto as inverdades do pregador triunfalista.

1. É mentira deslavada que o novo Código Civil tenha sido aprovado pelo PSDB através de sua maioria na Câmara. Esse foi um trabalho de várias legislaturas, cuja tramitação teve início com o Projeto de Lei 634/75, originário da Mensagem 160/75 enviada ao Congresso Nacional pelo então presidente Ernesto Geisel, que resultou na Lei 10.406/2002, instituindo o novo Código Civil, aprovada pelo consenso dos parlamentares, inclusive os representantes do PT, e sancionada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso no final de seu mandato. Não foi obra de um partido nem de um mandato, mas da contribuição de vários setores da sociedade, inclusive do mundo jurídico, que durou exatos 27 anos! Quando começou a tramitar, o PSDB não existia, eu tinha 21 anos e o pregador triunfalista, se não era ainda criança, talvez estivesse entrando na puberdade!

Apenas para pôr os pingos nos "is", a primeira comissão instalada para analisar o projeto teve como presidente Tancredo Neves (não tinha sequer sido eleito presidente pelo Colégio Eleitoral!) e como relator João Linhares. A partir daí cada legislatura instalou a sua comissão, que teve presidentes e relatores diferentes até o projeto seguir para o Senado, onde sofreu modificações, para então retornar à Câmara para a elaboração da redação final, seguindo à sanção presidencial, depois de aprovado sem voto contrário na Casa, em 06/12/02. Esses são os fatos, registrados nos anais da Câmara dos Deputados, e não o que Marco Feliciano escreveu de maneira astuciosa em sua carta.

2. A segunda mentira deslavada é a que afirma ter o presidente Lula pedido a alteração feita no novo Código Civil, que retirou das igrejas o caráter de associação e as considerou organizações religiosas de direito privado. Sequer foi ele quem tomou a iniciativa de enviar ao Congresso emenda nesse sentido. A pessoa que primeiro alertou para o problema - é preciso ser justo - foi o deputado Pedro Ribeiro, que, a princípio, era uma andorinha solitária a levantar a lebre. Esse foi um momento que vivi com muita intensidade, do qual conheço os detalhes por dentro. A primeira reunião pública em que ele tratou do assunto foi em São Paulo, num encontro de líderes, levando em conta que as igrejas já se preparavam para adequar os seus estatutos à nova norma.

Não pretendo descer aos pormenores, para não esticar demais o texto, mas o que era apenas um pingo d'água no oceano - o grito do deputado - começou a ganhar corpo, principalmente a partir da pressão da Frente Parlamentar Evangélica. Depois de muitas, intensas e extenuantes negociações, que custaram conceder aos partidos políticos, em troca, os mesmos privilégios, chegou-se a um denominador comum na redação da emenda, que cumpriu os ritos legislativos até seguir para a sanção do presidente Lula. A única coisa que ele não fez foi vetá-la, mas, repito, não teve qualquer outra iniciativa. Se alguém merece ser reconhecido é o deputado Pedro Ribeiro, que jamais desistiu de sua empreitada, mesmo não encontrando, a princípio, eco em seus pares. Esse é o fato, e não o que o pregador triunfalista escreveu astuciosamente em sua carta.

Acredito que alguém já esteja com a língua coçando para dizer: pelo menos há uma verdade no que Marco Feliciano escreveu. Lula não fechou igrejas. Até neste ponto o que existe são aparências. O presidente de fato não interditou templos, mas contribui para criar restrições extremamente perigosas para a liberdade de culto, quando permite que o PT apresente e insista na aprovação do PLC 122/06, quando propõe banir os símbolos religiosos das repartições públicas e quando estabelece a intenção de criar conselhos para a diversidade religiosa, como se a fé pudesse ser tutelada pelo Estado. Se isso não é querer fechar as igrejas, o que é então?

Ou seja, não há por onde escapar. O parágrafo escrito por Marco Feliciano está todo eivado de mentiras. Que ele tenha lá suas predileções, é seu direito, ainda que não conte com a minha concordância. Que defenda a sua candidata com inverdades, não posso aceitar. Temo que com esse péssimo início o mandato de Marco Feliciano não acabe bem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pastor da Igreja Mundial é preso durante culto, ele era fugitivo da polícia e condenado a 23 anos de prisão


O culto da Igreja Mundial  da Palavra de Deus, no Jardim das Palmeiras, em Sumaré (SP), foi interrompido pela Polícia Militar. O pastor Jaime Martiniano dos Santos, de 33 anos, que lia versículos da Bíblia a um grupo de pelo menos 30 pessoas, recebeu voz de prisão e foi levado, com as mãos algemadas, para a Delegacia da Polícia Civil, onde ficou preso. Segundo a polícia, ele está condenado a 23 anos e 4 meses por um latrocínio (roubo seguido de morte) em 2002 na Vila Matilde, na Capital.
A informação de que o pastor da igreja deveria ser preso chegou à PM por intermédio do Serviço Disque-Denúncia. Os policiais foram até o templo, na Avenida Ivo Trevisan, na noite de sábado, e anunciaram ao pastor que ele estava preso. Santos não reagiu. Ele interrompeu a palavra, entregou a Bíblia a outro obreiro e seguiu com os policiais na viatura.

Uma pesquisa feita por policiais civis revelou que Santos, atualmente morador na Vila São Pedro, em Hortolândia, era procurado pela Justiça. Foi condenado pelo assassinato de um comerciante em 30 de agosto de 2002, na Capital, durante um assalto. A condenação é da 30ª Vara Criminal de São Paulo e a sentença foi proferida em 11 de abril de 2006. O pastor também está condenado por furto. Conforme informações da polícia, ele estava morando em Hortolândia desde 2005.

Na madrugada de domingo, Santos foi encaminhado para a Cadeia de Sumaré e ontem, transferido para uma das seis unidades do Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia. Ele deve cumprir a pena em regime fechado, conforme determina a sentença. Representantes da igreja e pessoas da família do pastor não foram encontradas ontem pela reportagem.
 

Fonte: Gospel+ / Floriano Gospel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Atriz é proibida de frequentar igreja após fazer comercial sobre disfunção erétil

Uma australiana foi proibida de frequentar uma igreja após ter aparecido em um comercial sobre disfunção erétil. No comercial, a mulher usa o parceiro de “escada” para pegar um pote no armário.

“Eles me disseram que não retornaria até que o comercial saísse do ar”, contou Libby Ashby, que é mãe solteira em Melbourne. Libby contou que, ao gravar o comercial, sabia que ele era de “mau gosto”. Mas topou participar porque precisava de dinheiro.

“A Bíblia fala de sexo bem abertamente e de uma forma honrada, mas não acho que o comercial seja honrado. Ofende muitas pessoas”, lamentou a mulher, segundo reportagem do “Herald Sun”.

Vídeo: Comercial sobre disfunção erétil
(não recomendado para menores de 16 anos)



Fonte: Alagoas 24 horas / Guia-me / Gospel+ / JovemX.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Evangélico é retirado do velório de TUMA pela PM


Orlando Torres (centro) é conhecido como O Glória

Um homem conhecido como "O Glória" pelos servidores da Assembleia Legislativa de São Paulo chamou a atenção no velório do senador Romeu Tuma (PTB) na manhã desta quarta-feira. Ele invadiu a cerimônia com cantos religiosos. "Adeus, seja a glória. Amém", repetia.
Policiais militares pediram para o homem ter respeito com a família e com os amigos presentes. Após a conversa, o homem parou de cantarolar e saiu acompanhado pelos policiais. Fora do prédio, voltou a entoar o mesmo cântico.
Segundo responsáveis pelo cerimonial da Assembleia Legislativa, "O Glória" aparece em quase todos os eventos da casa, por onde transita pelos corredores, escadas e restaurante, sempre cantando.
"O Glória", cujo nome verdadeiro é Orlando Torres, é evangélico da Assembleia de Deus. "Faço isso para tocar o coração das pessoas", justificou o religioso, que disse fazer o mesmo ritual em "todo lugar onde tem eventos".


Fonte: Terra / Notícias cristãs
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cristãos são presos e multados no Uzbequistão

Muitos foram multados por oferecer literatura evangélica na rua
 Multas e prisão ameaçam cristãos no Uzbequistão
Um cristão no Uzbequistão poderá ser multado por possuir uma cópia do filme Jesus e outros filmes cristãos americanos. Ele evitou uma pena de prisão de 15 dias, mas enfrenta uma multa depois que a polícia secreta invadiu sua casa.

Outros crentes foram multados por oferecer literatura religiosa na rua. Cinco membros de uma congregação Batista também terão que pagar multas, depois de perder sua apelação sobre a decisão. 

As multas para o culto religioso não registradas são frequentes. Uzbequistão proíbe a atividade religiosa que não tenha permissão do Estado, apesar de compromissos internacionais em matéria de direitos humanos. 

Em 29 de setembro, as autoridades invadiram a casa de Jalalov, sabendo que ele é um pastor evangélico ativo. Eles confiscaram seu passaporte e 75 DVDs e CDs, muitos dos quais eram conteúdos cristãos.

O Comitê de Assuntos Religiosos disse que o filme "JESUS" poderia ser utilizado para proselitismo, e que era contrabando. Autoridades dizem que Jalalov violou o artigo 216-2 do Código Penal, que proíbe a atividade missionária. 

O juiz também considerou o ator culpado de violar o artigo 184-2 do Código do Procedimento Administrativo ("armazenamento ilegal, a produção, importação, distribuição de materiais religiosos").
 
 Fonte: MNN/ Noticias evangélicas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vietnã cria parceria entre igreja e empresários

Cristãos vivem dias de mais liberdade religiosa no país


Vietnã cria parceria entre igreja e empresários
O Vietnã é um dos países mais controlados do mundo. Embora sua constituição conceda liberdade de culto, a realidade para as minorias religiosas do Vietnã não condiz com a realidade.

Mas nos últimos meses, há sinais de que esse rígido controle na liberdade dos cristãos pode mudar. Jonathon Shibley, da Global Advance diz que desde a sua visita em 2008, sentiu a igreja estava em um processo de amadurecimento.

Segundo Jonathon Shibley em 2008, os crentes foram autorizados a fazer uma cruzada a céu aberto no Saigon, Ho Chi Minh.

Milhares de pessoas participaram e a resposta ao evangelho foi tremenda. "O Vietnã experimenta um crescimento econômico, por esse motivo, acredito que o governo pode continuar afrouxando o controle sobre os direitos humanos e a liberdade religiosa".

Para ajudar a expandir o evangelho, os cristãos têm atuados em duas linhas. A primeira é o treinamento de pastores e a segunda é missões de mercado. "Somos capazes de manter contato com uma realidade de primeira geração de empresários e profissionais cristãos".

Empresários que participam das missões de mercado estão animados com o futuro. "Falamos em ajudar um orfanato que está em uma área rural e os profissionais já disseram que vão contratar as crianças quando atingem 18 anos. O mercado pode ser a solução".

Apesar da perseguição, a igreja no Vietnã cresce e fica mais forte. Os cristãos constituem atualmente, quase 10% da população. "Vamos orar por nossos irmãos e irmãs do Vietnã. Vamos orar para que o evangelho continuei avançando e as pessoas recebam a Mensagem de Jesus".

Fonte: MNN / Redação CPAD News
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Moisés Usou Drogas?!

Tempos atrás, li uma notícia deveras inusitada em um jornal de circulação bastante popular na cidade de São Paulo. Após refletir sobre o assunto tratado nesse jornal, resolvi publicar o texto lido e tecer as minhas críticas pessoais sobre o mesmo. Segue o texto, bem como a sua crítica:

Moisés Usou Alucinógeno, Afirma Cientista Israelense

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anúncios em ônibus trazem sensibilização sobre aborto

Pesquisa revela que a maioria não tem ideia de que 200 mil abortos foram realizados na Grã-Bretanha ano passado


Anúncios em ônibus trazem sensibilização sobre aborto
Um grupo de defesa cristã vai colocar anúncios em ônibus de Londres para revelar a realidade "oculta" do aborto na Grã-Bretanha.

A campanha está sendo lançada por Christian Concern, para coincidir com o aniversário da aprovação da Lei de Aborto nesta quarta-feira. Os anúncios apresentam a imagem de um feto e as palavras "Pare e Pense".

Uma pesquisa na semana passada revelou que a maioria das pessoas não tem idéia de que 200 mil abortos foram realizados na Grã-Bretanha no ano passado.

Na pesquisada ComRes, de 1.000 adultos, apenas 3% soube corretamente que o número de abortos que ocorrem na Grã-Bretanha a cada ano situa-se entre 150 mil e 250 mil.

Resultados: 30% das pessoas disseram acreditar que menos de 20 mil abortos foram acontecendo, um número que subiu para 45% na faixa etária de 18 a 24. Um em cada dez disse acreditar que o número atinge entre 20 mil e 50 mil.

Os cristãos vão participar de uma vigília de oração fora do Parlamento e de um "Serviço de Lament" na Abadia de Westminster.

Andrea Minichiello Williams, diretor da Christian Concern, disse que a pesquisa revelou uma "ignorância" da escala de aborto na Grã-Bretanha.

Ela disse que os anúncios dariam às pessoas uma oportunidade de "parar e pensar sobre as implicações amplas de um ato que afetou muitas famílias neste país".

"Por muito tempo o aborto tem sido um assunto tabu, uma situação que só agrava os problemas que o aborto traz. É tempo para a sociedade enfrentar a dimensão oculta e as consequências do aborto”, disse ela.


Fonte: Christian Today / Redação CPADNewsFoto: Ilustração
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caravana missionária vão para África do Sul

 Caravana missionária vão para África do Sul
Mais uma caravana de missionários voluntários das Igrejas Batistas Brasileiras, em parceria com a Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira, segue para a África do Sul. Um grande movimento de oração e jejum, realizado por mais de 750 pessoas, marcou a formação desse grupo.

A caravana é formada por 24 pessoas: pastores, dentistas, psicólogos, enfermeiras, pedagogas, professores e tecnólogos. 

Os voluntários servirão ao Senhor com seus dons e talentos em oito campos missionários. 

Na bagagem, eles carregam centenas de doações, como roupas, sapatos, remédios, material evangelístico, material de treinamento, projetores etc.

Segundo o pastor Fabiano Araújo da Silva, representante da 
JMM em São Paulo, a caravana para primeiro em Moçambique, onde será dividida em três grupos. Um ficará na capital Maputo, onde estão os missionários pastor Edivaldo e Adriana Marcolino, Dra. Maria da Conceição Antônio e Dione Virgínio. 

O outro seguirá para Xai-Xai, para apoiar a missionária Otília da Silva. O terceiro vai para o Norte de Moçambique, em Dondo e Beira, onde atuam os missionários pastor Jerônimo e Noêmia Cessito e Daniel e a Dra. Gisele Soler. 

Depois eles seguirão para a África do Sul e se dividirão entre Joanesburgo, onde estão o pastor Roberto e Edna Carmona; Germinston, com pastor Diego e Stella Lopes; e Welkom, que tem trabalho desenvolvido pelos missionários pastor Joel e Lúcia Martiniano. 

Os voluntários vão oferecer às comunidades carentes atendimentos médicos, odontológico e psicológico; promoverão atividades esportivas, evangelísticas, artísticas e pedagógicas. Eles também oferecerão cursos rápidos profissionalizantes, capelania, treinamento de liderança, Escola Bíblica de Férias (EBF), entre outras atividades.

Fonte: JMM / Notícias evangélicas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Com religião em baixa, igrejas em Amsterdã viram bibliotecas e cafés

Segundo a pesquisa mais recente (de 2007), 44% dos holandeses se declaram ateus, 28% católicos, 19% protestantes, 5% muçulmanos e os outros 4% de outras religiões.
Mesmo com a maior parte da população ainda se declarando religiosa, o fato é que as igrejas do país estão cada vez mais vazias e não raro acabam ganhando outro fim: viram café, livraria, salão de cabeleireiro, pista de dança, restaurante, casa de shows...
Alguns exemplos são o Café Olivier, em Utrecht, a livraria Selexyz, em Maastricht (apontada pelo jornal inglês The Guardian como a livraria mais bonita do mundo), a pista de dança do Hotel Arena, em Amsterdã, e a mais famosa casa de shows da capital holandesa, o Paradiso.
Conhecido como o “templo do pop”, o Paradiso fica numa igreja do século 19, próxima à Leidseplein, no coração de Amsterdã, e toda banda e cantor pop que se preze tem que passar por ali - dos locais aos grandes nomes internacionais.
Mesmo pra quem só vai estar de passagem pela cidade, vale checar a programação da casa, que sempre tem bons shows na agenda. Os ingressos, que podem ser comprados pela internet, costumam ter preços bem razoáveis, mas em geral se esgotam rapidinho...
Quem passou por lá estes dias pra fazer sua pregação foi Seu Jorge, acompanhado pela banda Almaz. Os "fiéis" adoraram!

Fonte: Notícias cristãs com informações de O Globo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Igreja causa polêmica ao lançar campanha: "Igreja é para hipócritas e mentirosos"

Uma megaigreja no sudeste do Michigan está deixando um monte de pessoas desconfortáveis com sua nova campanha. Eles usam outdoors para anunciar que a igreja é para hipócritas, mentirosos e fracassados. “Mas essa é a verdade”, diz o pastor Brad Powell, da Igreja de Northridge, e ele deseja comunicar isso para toda a comunidade.
“Quando você entra no ministério, começa a perceber que há uma visão errada fora da igreja sobre o que a igreja realmente é. Ela está cheia de pessoas que acreditam ser melhores do que as outras. Há também uma visão errada dentro da igreja sobre as pessoas de fora – que elas são ruins “, disse. ”A realidade é que todos os seres humanos são iguais. Todos erram. Somos todos iguais, os de dentro [da igreja] e os de fora. Também somos falhos, fracassados… hipócritas”, continuou o pastor.
Mas Powell compreende porque esses equívocos existem. Ele vê um monte de igrejas construindo muros, voltando-se para dentro, servindo a si mesmas e jogando na defesa. Nesse sentido, as igrejas não refletem a natureza de Cristo. ”Jesus não colocou cercas mais altas no céu para manter as pessoas ruins longe dele. Pelo contrário, Jesus veio à terra e habitou entre as pessoas. Quando você olha para a Palavra de Deus, vê que ele nunca se voltou para dentro. Ele olhava para fora.”
Faz quase um mês que a igreja lançou a campanha publicitária. Nove outdoors, anúncios em ônibus e nos shopping em todo o sudeste do Michigan: “Northridge é para os mentirosos”, “Northridge é para os fracassados”, e “Northridge é para os hipócritas”.
Os anúncios levaram algumas pessoas da comunidade a pensar “quem está atacando a igreja?” Alguns cristãos exigiram que os anúncios fossem retirados, enquanto ameaçavam nunca ir a um culto em Northridge. No entanto, para outros, os anúncios serviram como ponto de partida para conversas sobre a igreja. De maneira geral, a campanha está fazendo exatamente o que Powell esperava – gerando diálogo.
Um membro da igreja de Northridge estava andando de carro com vários colegas de trabalho, quando passaram por um outdoor. Eles perguntaram “o que está acontecendo com a sua igreja?” Ele conseguiu explicar que as pessoas não precisam ser perfeitas antes de ir à igreja. “Discussões dessa natureza estão acontecendo em toda a comunidade”, comemora Powell.
Powell não se considera um pastor típico nem mesmo gosta que usem o título de “pastor”, embora esteja servindo como ministro há mais de 25 anos. Em entrevista recente, insistiu em ser chamado de “Brad” em vez de “pastor Powell”.
Ele tem usado abordagens pouco convencionais e lutado contra os paradigmas culturais desde que começou a liderar a Northridge. Ela deixou de ser uma igreja velha e decadente para tornar-se uma das que crescem mais rapidamente nos EUA. Powell observa que “Northridge sempre foi um ministério bastante irreverente, no aspecto cultural. Embora a igreja reúna mais de 20.000 pessoas por semana, está totalmente comprometida com a verdade, sem fazer barganhas e permanecendo distante da cultura e do linguajar das igrejas tradicionais.
Ele acredita que “cristãos tradicionais” detestam outdoors como os que ele criou. “Nem passa pela mente das pessoas tradicionais, petrificadas, como isso pode ser espiritual”, continua. ”A igreja é para os mentirosos? Eles não entendem.”
Elogiando a ousadia da megaigreja, Bill McKendry, que trabalhou com Powell na campanha publicitária, afirma: “Com a Northridge não há muito medo.” McKendry, chefe de criação da agência Hanon McKendry, explicou que o ministério da Northridge é voltado para os que não se preocupam com o assunto, onde igreja sequer faz parte da vida daquela pessoa. Para muitos que não estão envolvidos com uma igreja, a percepção geral é que alguém precisa ser perfeito para frequentá-la.
Powell explica: “Estamos continuamente em busca de novas pessoas que estão destruídas ou feridas. A qualquer momento que alguém entrar na igreja, deve entender que este é um lugar onde pode ser aceito, onde não há problema se está ferida… poderá encontrar redenção e seguir em frente. ” Um dos temas-chave em Northridge é que “um fracasso não é o fim de tudo.” ”[Northridge] é um lugar onde todos estão no mesmo nível, enquanto procuramos descobrir e conhecer a Deus e seu poder que pode transformar as nossas falhas e usá-las para a sua glória”, disse Powell. “Estamos nesta comunidade de pessoas falhas que encontraram a redenção e querem compartilhar isso com os outros.”
A campanha está programada para continuar até o início de novembro. Se for bem-sucedida, McKendry disse que pode haver prolongamentos da campanha, usando outros estereótipos da igreja.


Fonte: The Christian Post / Notícias Cristãs
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Dilma 'lava as mãos' sobre homofobia

Em encontro com líderes evangélicos no Rio, Dilma tenta se desvincular de mais um assunto polêmico A petista Dilma Rousseff disse a líderes e políticos evangélicos que o projeto que propõe a criminalização da homofobia será exclusivamente debatido pelo Congresso.

Por Redação OGalileo
Dilma 'lava as mãos' sobre homofobia De acordo com senador reeleito e bispo licenciado da Igreja Universal, Marcelo Crivella (PRB-RJ), a candidata não chegou a se posicionar sobre um eventual veto a trechos da proposição que incomodam os evangélicos.

A estratégia é similar à que foi usada em relação ao aborto, com o objetivo de tentar desvincular Dilma de mais um tema polêmico.

Dilma, que se reuniu com representantes evangélicos quarta-feira, no Rio, ouviu dos religiosos que o texto do projeto de lei 122/2006 "criminaliza a Bíblia". Além de Crivella, o cantor gospel e candidato derrotado ao Senado Waguinho (PT do B-RJ), que recebeu mais de 1,3 milhão de votos, participou do encontro.

"O projeto de lei tem um artigo que criminaliza a Bíblia. A Bíblia diz que homossexualismo é pecado. Eu também acho. Isso, de acordo com a lei, passa a ser incitação ao ódio. Eu acho que não é. Acho que é um conselho que um pai tem direito a dar a um filho, que um pastor tem direito a dar a um membro de sua igreja e um padre a um membro de sua paróquia", argumentou Crivella, ressaltando ser contrário a qual. "A Dilma respondeu que esse é um problema do Congresso, não do Executivo."

Com informações: Estadão / o Galileu
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bolívia legaliza sexo a partir dos 12 anos

12 anos sexo boliviaO Congresso boliviano, dominado pelos partidários do presidente Evo Morales, aprovou uma mudança no código penal do país que descriminaliza relações sexuais entre jovens de 12 a 15 anos.
Como noticia o Clarín, o artigo 308 pune quem mantém relações sexuais com menores de 14 anos, mas exime de sanção “as relações consensuais entre adolescentes maiores de 12 anos, sempre que não exista diferença de idade maior de três anos, entre ambos, e que não se tenha produzido violência nem intimidação”.
A oposição, claro, estrilou, dizendo que o texto libera as relações sexuais entre crianças. Já os governistas afirmaram que os críticos não entenderam bem o espírito da lei – que, dizem, trata apenas de casos “excepcionais” e busca evitar que adolescentes sejam tratados como criminosos.
por Marcos Guterman
Estadão
do PADOM “Isso é uma vergonha que mostra a decadência moral e espiritual de uma nação. E o pecado eles não lembram nos mandamentos de Deus, não lembram que o sexo fora do casamento é um PECADO que separa o ser humano do CRIADOR! Aguardem, depois dessa algum politico insano aqui no Brasil também vai criar uma lei desta…é questão de tempo.”
Fonte: PORTAL PADOM
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Erenice Guerra e Amaury Ribeiro Jr. prestam depoimento na PF

Ela é acusada de participação em suposto esquema de tráfico de influência


Erenice Guerra e Amaury Ribeiro Jr. prestam depoimento na PFA ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra presta depoimento na manhã desta segunda-feira (25) na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Erenice foi apontada em reportagem da revista "Veja" em setembro de participar de um suposto esquema de tráfico de influência na Casa Civil, onde ela ocupou os cargos de secretária-executiva e ministra-chefe. A assessoria da PF informou que o depoimento da ex-ministra começou às 9h30.

A Capital Consultoria, empresa comandada por filhos da ex-ministra, intermediaria negociações de empresas com o governo por meio da facilitação de contratos. O advogado de Erenice Guerra, Mário de Oliveira Filho, encaminhou na semana passada à PF um pedido para que o depoimento fosse adiado. Segundo ele, a intenção era que Erenice fosse a última pessoa a ser ouvida na investigação, pois é apontada como principal acusada.

O jornalista Amaury Ribeiro Jr. chegou à PF por volta das 9h30 para prestar depoimento no inquérito que apura a quebra de sigilo fiscal de dirigentes do PSDB e de pessoas ligadas ao candidato José Serra. A oitiva estava marcada para começar às 10h.

Segundo a Polícia Federal, ele já foi ouvido no último dia 13 de outubro em São Paulo. Em junho, Ribeiro Jr. foi citado como participante de um grupo ligado à pré-campanha de Dilma Rousseff, que teria sido responsável por tentar organizar um esquema para espionar adversários e rivais petistas.

Jornalista investigativo vencedor de três prêmios Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro, Ribeiro Jr. diz ter sido sondado para trabalhar na pré-campanha de Dilma pelo jornalista e consultor Luiz Lanzetta, dono da Lanza. Até junho, a Lanza respondia pela comunicação da pré-campanha de Dilma, tendo sido conduzida à função por Pimentel, amigo de Lanzetta.

O objetivo único do trabalho, diz Ribeiro Jr., era identificar a fonte de vazamentos de informações dentro de um dos QGs da pré-campanha, uma casa no Lago Sul de Brasília. Afirma que o conteúdo de conversas em reuniões fechadas estava chegando à imprensa, municiando reportagens prejudiciais a Lanzetta, a Pimentel e ao chamado grupo mineiro.

Ribeiro Jr. diz então ter contatado Idalberto Matias, o "Dadá", ex-agente do serviço secreto da Aeronáutica e "amigo de muitos anos", para ajudar na tarefa. Dadá, afirma, o apresentou ao delegado aposentado da Polícia Federal Onézimo das Graças Sousa.

Fonte: G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Homem esperava ser evangelizado por 20 anos

Depois de evangelizado, Salomão levou o evangelho a aldeias vizinhas

Ray Aker não podia acreditar no que ouvia. Nativo de Oklahoma, ele passou os últimos dois anos, compartilhando Jesus em uma área rural da China, sem ver uma única salvação, até agora.

Deus levou Aker e uma pequena equipe de voluntários dos Batistas do Sul a um homem chamado Salomão, que vivia com sua família em um barraco de chão batido uma aldeia de montanha isolada. Aker contou a história do Evangelho e Salomão creu imediatamente.

Mas foi o que Salomão disse depois que Aker não pode esquecer. "Há vinte anos eu senti no meu coração que havia um Deus acima de tudo, mas não sabia nada sobre ele. Então eu orava todos os dias pedindo que Ele mandasse alguém para me dizer quem Ele era. E hoje Deus respondeu a minha oração”.

De acordo com relatos do missionário, essa foi provavelmente a experiência mais marcante que ele já teve com Deus no tempo missionário. "Não fiz nada de especial, foi Deus que ordenou o momento certo".

Homem esperava ser evangelizado por 20 anos
Imediatamente Salomão começou a contar aos outros sobre um Deus único e verdadeiro. Rapidamente levou seis moradores da aldeia a Cristo, incluindo sua esposa e duas filhas.

O pajé local tomou conhecimento e ameaçou publicamente, que se não parassem de falar do amor de Deus, seriam amaldiçoados e morreriam em três dias. Salomão recusou-se a ficar em silêncio, e no quarto dia, quando os moradores viram que ele ainda estava vivo, ninguém entendeu.

Salomão falou de Jesus para toda a aldeia. Em um único dia, mais de 80 pessoas se renderam a Cristo. "Essas pessoas vivem com medo de espíritos malignos. Tudo que eles fazem, seja a direção de sua própria, momento certo para casar e o que comer, é tudo baseado na tentativa de acalmar os espíritos malignos. Mas Salomão não teve medo de morrer porque confiou em Deus".

Quatro anos depois, Deus continua usando a influência de Salomão para trazer mais de 400 pessoas à Cristo em três aldeias vizinhas e está chegando a quarta. Três igrejas já foram plantadas. "Eu jamais conseguiria evangelizar todas as 147 aldeias em cinco meses. Por isso temos que treinar os crentes para chegar onde não chegamos", revela Ray Aker.


Fonte: BP News / Redação CPAD News
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ONU legaliza pornografia infantil e prostituição

Judith Reisman
Considere a recente reportagem da WND sobre recente abertura, na Escócia, da pornografia de internet para as crianças nas escolas, durante o horário de almoço, graças à Convenção dos Direitos da Criança da ONU, atualmente não-ratificada pelos reprimidos EUA.
Os “direitos da criança” da ONU incluem o condicionamento das crianças à prostituição e pornografia “consensual” e o “direito” de ser usada por qualquer canalha que elas “escolham.” Os pais que protestarem correm o risco de serem presos ou tachados de loucos.
Embora a Convenção dos Direitos da Criança da ONU, de 2010, evite a linguagem incendiária dos últimos anos, empregam-se os mesmos dispositivos de comercialização sexual de crianças.
“Artigo 1 (Definição de criança): A Convenção define ‘criança’ como uma pessoa abaixo da idade de 18 anos, a menos que as leis de um país em particular estabeleçam uma idade legal adulta inferior a essa”. Isso permite deliberadamente que qualquer idade seja redefinida como adulta.
Tradução: Países com prostituição ou pornografia legais e “idade adulta” inferior podem comercializar prostituição/pornografia infantil. Os autores dos “direitos” sabem que a idade adulta pode se tornar qualquer idade, dependendo da idade do(s) parceiro(s). A idade de consentimento da Espanha hoje é de 13 anos, a pornografia legal e a prostituição legal, na prática.
O artigo 17 diz: “(Acesso a informação; mídia de massa): As crianças têm o direito de obter informações que sejam importantes para sua saúde e bem-estar…”
Muito material internacional pornográfico e material fraudulento da Federação Internacional de Planejamento Familiar [a maior rede mundial de abortos] travestido de educação sexual e prevenção à AIDS é considerado bom para a “saúde e bem-estar” das crianças. Da mesma forma, “livros para crianças” mentem e violam sexualmente a criança leitora.
O Artigo 13 é a lei de acesso à pornografia: “A criança terá o direito à liberdade de expressão… a receber e compartilhar informação e ideias de todos os tipos, independentemente de fronteiras, seja oralmente, por escrito ou por via impressa, na forma de arte ou através de qualquer outra mídia da escolha da criança.”
Então, um educador pedófilo escocês organiza o acesso a “todas” as mídias para qualquer idade, de 1 a 18 anos. Livre “expressão... independentemente de fronteiras, seja oralmente, por escrito ou por via impressa, na forma de arte ou através de qualquer outra mídia da escolha da criança” é uma escolha da criança.
O artigo 15 às crianças de qualquer idade a “liberdade de associação e reunião pacífica. Nenhuma restrição pode ser colocada no exercício desses direitos” se eles forem legais e não violarem a segurança pública, etc. É ilegal aos pais impedirem as crianças de más ações, etc. Bilhões podem ser ganhos por meio destes artigos “de proteção” à criança.
Artigo 16: autoriza a prisão dos pais que interferirem nas atividades de um cafetão, pois as crianças estão protegidas contra “toda interferência arbitrária ou ilegal em sua privacidade… honra ou reputação.”
O artigo 24 prevê os serviços e a educação sobre o planejamento familiar como “serviço de saúde,” “abolindo práticas tradicionais prejudiciais à saúde das crianças.”
Tradução: a contracepção infantil, vacinação compulsória contra doenças venéreas e aborto como “proteções” infantis em documentos internacionais de assistência.
Nenhum dos “direitos” identifica imagens sexuais explícitas como “materiais que poderiam prejudicar as crianças.”
Por que será que os que trabalham para o UNICEF são sempre pintados como mocinhos? Na edição de primavera de 1991 do Journal of Pedophilia [Revista de Pedofilia], o autor lamenta o diretor belga do UNICEF tenha sido condenado pelo estupro, tortura, prostituição e pornografia na área de laboratórios da ONU que fica no subsolo da ONU. Os pedófilos protestaram, alegando que “Desde o caso Dutroux [UNICEF] na Bélgica, a televisão e os jornais estão cheios de notícias sobre pedofilia de um modo pejorativo e negativo.”
Puxa, não os jornais americanos. Embora a condenação de um notório grupo de pedófilos que regularmente abusava sexualmente de crianças no porão do escritório central do UNICEF seja de interesse significativo para os americanos, nem o UNICEF nem a imprensa americana acharam isso uma notícia digna de se noticiar, protegendo a imagem e a renda da UNICEF.
O UNICEF fornece nutrição básica, água potável, serviço sanitário, serviços emergenciais e instrução fundamental. Entretanto, os “direitos sexuais das crianças” do UNICEF significam que a raposa está guardando o galinheiro e comendo bem.
A Dra. Judith Reisman trabalhava como especialista em abuso sexual infantil e crimes envolvendo pornografia a serviço do Departamento de Justiça, Justiça Juvenil e Prevenção da Delinquência dos Estados Unidos, e autora de vários livros, o mais novo dos quais é: “Sexual Sabotage: How One Mad Scientist Unleashed a Plague of Corruption and Contagion on America.” [Sabotagem sexual: como um cientista louco desencadeou uma praga de corrupção e contágio na América]. Mais informações estão disponíveis no seu site.
Artigo original: WND.
Tradução do blog DEXTRA, feita por recomendação e a pedido de Julio Severo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tribunal Europeu de Direitos Humanos obriga Moscou a permitir paradas gays

Matthew Cullinan Hoffman
22 de outubro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Nesta semana, o Tribunal Europeu de Direitos Humanos determinou que a cidade de Moscou permita que os homossexuais realizem “paradas gays”, e ordenou que a Rússia pague uma multa de $41.300 por ter rejeitado permiti-las no passado, de acordo com reportagens da imprensa internacional.
Desde 2006, a prefeitura da cidade de Moscou tem recusado emitir uma licença para tais paradas na base de que a sodomia propaga doenças, é anormal e ofende os valores morais dos russos. O prefeito recebeu o apoio declarado de líderes cristãos, muçulmanos e judeus.
Yuri Luzhkov, prefeito de Moscou, vem sistematicamente defendendo a posição da prefeitura durante todos esses anos, apesar de enorme oposição vinda de antipáticos políticos da Europa e organizações homossexuais internacionais, chegando ao ponto de chamar as paradas gays de “satânicas”.
O tribunal decidiu que Moscou violou o Artigo 11 da Convenção Europeia de Direitos Humanos, a qual protege o direito de “reunião pacífica”, e que suas táticas foram discriminatórias.
A Convenção Europeia de Direitos Humanos recebeu sua última emenda em 1966 e não menciona direitos homossexuais. A Rússia, como signatária, é obrigada a acatar a decisão do tribunal.
A decisão do tribunal foi anunciada no mesmo dia em que a câmara de vereadores de Moscou elegeu um novo prefeito, Sergei Sobyanin. Luzhkov, que foi prefeito em Moscou durante mais de 20 anos, foi removido no final do mês passado pelo presidente da Rússia Dmitry Medvedev numa aparente disputa com seu principal rival político, o ex-presidente e atual primeiro-ministro Vladimir Putin.
Cobertura anterior de LifeSiteNews:
Prefeito de Moscou chama parada do “orgulho gay” de “satânica”
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2010/01/prefeito-de-moscou-chama-parada-do.html
Moscou recusa dar autorização para organizadores da parada do “orgulho gay”
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2010/06/moscou-recusa-dar-autorizacao-para.html
Moscow Mayor Unapologetic in Prohibition of "Gay Pride" Marcheshttp://www.lifesitenews.com/ldn/2008/dec/08120902.html
Traduzido por Julio Severo: http://www.juliosevero.com/
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10102202
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Associação Vitória em Cristo, do Pastor Silas Malafaia, realiza trabalho educacional e evangelístico em presídios

A Associação Vitória em Cristo fez uma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) para criar um curso de informática na Penitenciária Joaquim Ferreira Souza, localizada no Rio de Janeiro. Com o objetivo de capacitar as internas para o mercado de trabalho, o curso terá duração de quatro meses, com duas aulas semanais, e está previsto para iniciar no dia 27 de outubro. A unidade apresenta 300 internas, e as turmas serão compostas por 20 alunas. Haverá, ainda, uma turma para 10 funcionários do presídio.
Além das aulas de informática, será realizada uma Escola Dominical para 150 presidiárias, que receberão revistas da Editora Central Gospel elaboradas para novos convertidos. A EBD será uma oportunidade de evangelismo e também uma maneira de ensinar a Palavra de Deus.
Outro projeto que recebe apoio do pastor Silas Malafaia é a Escola Dominical promovida na Penitenciária Moniz Sodré. O pastor Silas e sua esposa Elizete Malafaia visitaram o presídio no dia 10 de outubro e distribuíram mais de 90 Bíblias para os presos. O resultado da visita foi positivo: cerca de 16 presos entregaram sua vida a Cristo.

Fonte: Vitória em Cristo / Gospel+ Via: Guia-me
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Estado Americano endurece lei contra o aborto

Uma batida policial em Nova Jersey encontrou bebês congelados


Estado Americano endurece lei contra o aborto
Câmara de Examinadores Médicos de Nova Jersey (EUA) suspendeu a licença de Brigham Young para realizar abortos, de acordo com a Associated Press. O conselho de Nova Jersey agiu depois de ter flagrado Brigham iniciando os abortos em sua clínica em Voorhees e terminando em Maryland, informou a AP.

Por muitos anos, Brigham iniciava os procedimentos do aborto em Nova Jersey e depois enviava as mulheres para uma de suas clínicas na Pensilvânia para completá-los. "Dr. Brigham estava constantemente envolvido para burlar as exigências da resolução do conselho de regulamentação da gravidez a fim de beneficiar pacientes de luxo", afirma AP.

Brigham tem uma longa história de confrontos com as autoridades estaduais, segundo o inquérito. Ele teve sua licença médica rescindida ou suspensa temporariamente em cinco estados durante os últimos 18 anos. Ele opera em 15 clínicas de aborto, em Maryland, Nova Jersey, Pensilvânia e Virgínia.

A polícia iniciou uma investigação na clínica de Brigham Young, em sua cidade depois que uma mulher se feriu durante um aborto e não apresentou queixa. Uma batida policial na clínica Maryland descobriram bebês de até 36 semanas de gestação congelados.

Fonte: BP News / Redação CPAD News
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

'Visão do diabo' faz onze pessoas pularem pela janela de um apartamento na França

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Estão trocando o Evangelho de Cristo por um outro evangelho"

Augustus Nicodemus Lopes avalia a situação da Igreja hoje: “Infelizmente, estão fazendo muita coisa ruim com ela”.

“Não me acho xiita”, vai logo dizendo o professor, pastor e pesquisador presbiteriano Augustus Nicodemus Lopes em seu mais novo livro, O que estão fazendo com a Igreja (Mundo Cristão). “Mas muitos me chamam de fundamentalista”, acrescenta. “Não fico envergonhado quando me rotulam dessa forma, embora prefira o termo calvinista ou reformado”, explica. A quantidade de adjetivos expressa bem o universo desse intelectual protestante, nascido na Paraíba e que fez carreira no segmento acadêmico religioso. Graduado em teologia, mestre em Novo Testamento e doutor em Interpretação Bíblica – este último título, pelo Instituto Teológico de Westminster (EUA) –, Nicodemus já dirigiu diversos seminários ligados à sua denominação e hoje exerce o cargo de chanceler da respeitada Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. Na mesma cidade, pastoreia a Igreja Presbiteriana de Santo Amaro.

O conjunto de sua obra já dá uma idéia de suas posições teológicas. Títulos como O que você precisa saber sobre batalha espiritual, Fé cristã e misticismo e Ordenação de mulheres: O que diz o Novo Testamento, todos publicados pela Cultura Cristã, entre diversos outros livros, são baseados na mesma teologia conservadora que ele não apenas abraça, como defende com unhas e dentes. O que não impede, é claro, que esteja aberto a outros pensamentos. “Desde que sejam comprometidos com as Escrituras”, ressalva.

Nesta conversa com CRISTIANISMO HOJE, Augustus Nicodemus fala do livro recém-lançado na Bienal de São Paulo e avalia a situação da Igreja Evangélica hoje. “Infelizmente, estão fazendo muita coisa ruim com ela”, aponta.

É inevitável começar esta entrevista com a pergunta que dá titulo ao seu livro: o que estão fazendo com a Igreja?

Infelizmente, muita coisa ruim – desde desfigurá-la, passando uma imagem ao público de que todos os evangélicos e seus pastores são mercenários que vivem para fazer barganhas com Deus em troca de bênçãos, até destruí-la internamente, trocando o Evangelho de Cristo por um outro evangelho. Um evangelho despido de poder, realidade histórica e eficácia salvadora, que é ensinado pelos liberais. Aqui entram também os hiperconservadores, às vezes chamados de neopuritanos, com sua visão radical de culto.

Quais os efeitos da pós-modernidade sobre a Igreja?

A pós-modernidade facilitou e aumentou a influência do liberalismo, do relativismo e do pragmatismo na Igreja brasileira, ainda que esses movimentos e tendências sejam tão antigos quanto a própria Igreja. A presente época, marcada pela pós-modernidade, facilita a penetração desses elementos na vida, liturgia e missão das igrejas evangélicas, como de fato temos presenciado. E por outro lado, existem líderes evangélicos que conscientemente constroem ministérios, igrejas e movimentos que se apóiam em métodos e ideologias liberais, relativistas e pragmáticas. O que essas coisas têm em comum é que sempre representam uma tentação para corromper o Evangelho bíblico, quer pelo apelo à soberba humana, quer por um tipo de Cristianismo descompromissado, ou ainda pela oferta enganosa de resultados extraordinários em curto espaço de tempo.

A crise de ortodoxia do Evangelho contemporâneo, bem como o pós-denominacionalismo, é resultado direto deste processo?

Sem dúvida. O relativismo representa uma ameaça concreta à Igreja, pois a mesma se firma sobre verdades universais e imutáveis, como a existência do Deus Trino; a humanidade e divindade de Jesus Cristo; sua morte vicária e sua ressurreição real e física de entre os mortos; a salvação pela fé sem as obras da lei; e a segunda vinda de Cristo. A Igreja defende também uma ética centralizada no amor que, segundo Jesus e seus apóstolos, consiste em obedecer a Deus e aos seus mandamentos. Todavia, o relativismo rejeita o conceito de verdades absolutas e internaliza a verdade no indivíduo.

E qual o efeito prático disso?

O questionamento à autoridade da Bíblia, ao caráter único do Cristianismo e ao comportamento ético pregado historicamente pelos cristãos. Mas, num certo sentido, o relativismo pode representar uma oportunidade para o Cristianismo em ambientes pós-cristãos, onde a fé cristã já foi excluída a priori. Por exemplo, no ambiente das universidades, o discurso é geralmente anticristão, relativista, pluralista e inclusivista. Os cristãos podem, em nome da variedade e da pluralidade, pedir licença para falar, já que, de acordo com a pós-modernidade, todos os discursos são iguais e válidos – e nenhum é melhor do que o outro.

O movimento evangélico brasileiro, tão numeroso e multifacetado, está perto de seu fim?

Não creio que o movimento evangélico brasileiro chegue a um fim, mas temo que esse processo de desfiguramento e de enfraquecimento teológico e doutrinário, levado a cabo por liberais, neopentecostais, libertinos e neopuritanos, acabe transformando a Igreja brasileira em algo distinto da Igreja bíblica. Por outro lado, como sempre existiram os sete mil que nunca dobraram os joelhos a Baal, é provável que, paralelamente, aconteça o fortalecimento de denominações, ministérios e grupos evangélicos que prezam a Bíblia – gente que valoriza as práticas devocionais como oração, meditação e santidade bíblica e que tem visão evangelística e missionária. Já no momento atual é possível identificar esse crescimento, embora em dimensões menores do que gostaríamos. Quanto ao perfil dessa nova Igreja, fica difícil prever.

Uma das críticas que o senhor faz é à ênfase na formação teológica liberal, que seria uma espécie de “coqueluche” dos teólogos de hoje, interessados numa graduação reconhecida sob o ponto de vista acadêmico. Neste sentido, o reconhecimento oficial aos cursos de teologia, uma antiga bandeira do segmento evangélico, veio para melhorar ou piorar as coisas?

Em si, o reconhecimento oficial de um diploma de teologia não representa qualquer perigo para a Igreja. Mas o problema não é o isso, e sim, o conteúdo que será ministrado aos alunos que buscam uma formação reconhecida pelo Ministério da Educação. Da minha parte, creio ser possível termos um curso de teologia reconhecido oficialmente e que apresente uma teologia bíblica e saudável. Todavia, nem sempre tem sido esse o caso.

Como assim?

Esse reconhecimento tem sido oferecido, freqüentemente, através de cursos de teologia de faculdades e universidades públicas e privadas que não têm compromisso com a confessionalidade cristã histórica. É verdade que o reconhecimento oficial dos cursos de teologia é uma antiga bandeira do segmento evangélico. Só que, quando os evangélicos queriam isso, os cursos de teologia reconhecidos eram oferecidos por instituições de ensino superior que tinham tradição cristã. Além disso, eram dirigidas por cristãos comprometidos com a teologia histórica da Igreja, como Princeton nos Estados Unidos e a Universidade Livre na Holanda, por exemplo. Atualmente, grande parte dos professores de alguns desses cursos obtêm seus diplomas e graus de mestre e doutor em escolas liberais – e nem sempre na área de teologia, mas em ciências da religião, sociologia, psicologia, antropologia, letras etc.

O problema, então, é o que professores com este tipo de formação vão ensinar?
Não é tanto o que eles ensinam, mas o que deixam de ensinar, exatamente porque não tiveram uma sólida formação teológica debaixo de orientação bíblica. Quem mais tem sentido o impacto do liberalismo teológico em sua mão de obra são as igrejas pentecostais, que por não terem tradição em preparar seus obreiros, acabam recorrendo a esses cursos e expondo seus pastores, evangelistas e obreiros à teologia liberal.

Em sua obra, o senhor fala na existência de uma esquerda teológica que valoriza o liberalismo, não apenas nas questões religiosas, mas sobretudo comportamentais. Num panorama em que a esquerda política, atualmente no poder, parece confusa e adota posturas flagrantemente neoliberais, esta confusão ideológica também contamina o segmento evangélico?

Acho que sim. Não é coincidência que um grande segmento evangélico esteja defendendo bandeiras liberais, como o aborto, o reconhecimento das uniões homoafetivas, o sexo antes do casamento... Essa atitude de tolerância e relativismo é a mesma que sempre marcou o esquerdismo no Brasil. Não estou dizendo que todo evangélico esquerdista é liberal e defende essa agenda; mas que existe uma coincidência de valores éticos e de agenda.

O movimento evangélico brasileiro é tão diversificado quanto as milhares de denominações que o compõem. No atual panorama, identificado no seu livro, esta diversidade traz mais vantagens ou desvantagens?

Acredito que a diversidade é sadia e bíblica. Entendo, porém, que existe uma unidade essencial e básica entre os verdadeiros cristãos, que pode ser resumida nos fundamentos da fé bíblica. Os verdadeiros evangélicos confessam estes fundamentos, e vamos encontrá-los em todas as denominações que compõem a Igreja Evangélica brasileira. Mas vamos encontrar também quem não crê em nenhuma dessas coisas, ou que nutrem reservas quanto a elas. Eu não tenho problemas com a diversidade, pois acho-a enriquecedora. Tenho divergências inclusive com irmãos e colegas que são reformados calvinistas como eu. Todavia, existe uma unidade essencial mais forte e superior às divergências. Teologia tem um poder tremendo para unir as pessoas ou para separá-las, pois tem a ver com convicções e experiências pessoais.

A partir dos anos 1980, o advento da teologia da prosperidade e da confissão positiva mudou a maneira de se pensar a fé evangélica no país. Qual a verdadeira influência destas correntes na crise do movimento evangélico nacional?

A confissão positiva acabou exercendo uma grande influência sobre os evangélicos brasileiros. Na minha opinião, todavia, ela não é a maior influência negativa. Considero a teologia da prosperidade, a busca de experiências místicas, as crendices e superstições que infestam os arraiais neopentecostais como sendo de maior periculosidade para a Igreja. Quanto ao segmento reformado, por sua própria natureza, ele é mais resistente à essas infecções e pouca influência recebeu – mas tem, entretanto, sofrido mais com outros tipos de problemas, especialmente com sua incapacidade, até o momento, de crescer de forma significativa sem perder o compromisso com a fé histórica da Igreja.

Se muitos dos postulados neopentecostais vão de encontro à tradição protestante, em quê o segmento histórico falhou, ou pelo menos hesitou, para que, a partir dos anos 1970, o neopentecostalismo crescesse em proporções geométricas no cenário evangélico nacional?

Boa pergunta. É interessante que, na década de 1950, a Igreja Presbiteriana era uma das maiores denominações evangélicas do país. Por algum motivo, perdemos o bonde. Não sei avaliar direito o que aconteceu. Pode ser que tenhamos exagerado na reação aos abusos do movimento carismático na década de 70 e nos fechamos na defensiva. Ficou difícil, naquela época, falar do Espírito Santo e de reavivamento espiritual sem sermos confundidos com carismáticos e pentecostais. Pode ser também que reagimos da mesma forma diante do crescente movimento litúrgico e do movimento de crescimento de igrejas, com toda sua parafernália metodológica centrada no homem – movimentos estes que dominaram o cenário dos anos 70 a 80. E depois, a mesma coisa diante dos neopentecostais. Não conseguimos ainda sair da defensiva e ser mais proativos, oferecendo alternativas, soluções – e o que é melhor, oferecer nosso próprio exemplo de como uma igreja pode crescer de maneira sadia, sem comprometer a teologia e a ética bíblica.

Então, o liberalismo teológico também afetou as igrejas tradicionais?

Sim, afetou tremendamente as igrejas históricas nos anos 60, especialmente os seus seminários. Isso causou graves problemas e disputas internas, que obrigaram essas igrejas a relegar o crescimento a um plano secundário e a se concentrarem na própria sobrevivência. As igrejas históricas que não conseguiram sobreviver ilesas hoje são as menores entre os evangélicos, mais voltadas para o social e ainda em lutas internas com os liberais que sobreviveram dentro de suas organizações e estruturas. Já as que conseguiram sair inteiras, embora chamuscadas, começam lentamente a progredir e retomar seu crescimento, como creio ser o caso da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Por que lideranças autocráticas e monolíticas, cada vez mais comuns nas igrejas, são aceitas pelos fiéis?

Em minha opinião, é o que chamo em meu livro de “a alma católica dos evangélicos brasileiros”. Os brasileiros estão acostumados com o catolicismo romano e sua hierarquia eclesiástica totalitária. Por séculos, o romanismo impregnou a alma brasileira com a idéia de que a religião deve ser conduzida por líderes acima do povo, que vivem numa esfera superior; enfim, intocáveis. No romanismo, os líderes não são eleitos pelo povo, como acontece na maioria das igrejas históricas, cujo sistema de governo é democrático – eles são impostos, determinados, designados. Além disso, são considerados como especiais e distintos; é o clero separado dos leigos. As ordens eclesiásticas são um dos sacramentos da Igreja Católica. E os brasileiros viveram sua vida toda debaixo da influência de uma religião regida por bispos e por um papa, o qual, segundo um dogma católico, é infalível. Nada mais natural, portanto, que ao se tornarem evangélicos, suspirem e desejem o mesmo esquema de liderança, como os israelitas que disseram a Samuel que constituísse um rei sobre eles, para que os governasse, como o tinham as outras nações à sua volta, conforme I Samuel 8.5. Essa mentalidade romana favorece o surgimento, entre os evangélicos, de líderes autocráticos e autodesignados, que se arrogam o título e o status de bispos ou apóstolos.

Fonte: Cristianismo Hoje/Folha gospel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...